quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Homem e Mulher



O homem é aquele que parte
Ele tem.Quem tem,pode
abandonar.
O homem não pertence
Ele vem.Ele come.Agradece
e vai embora
O homem quer ficar só.Os seus
testículos não lhe pesam a alma.
O homem sente saudades.Pensa
nele ao lado dela :precisa de espelho.
O homem cansou-se de novo:achou
a mulher maluca
O homem não quer ter trabalho,
quer ter carro novo
De novo,abandona,vai embora
Tem fome.A ninguém pertence
Finge sofrer
Volta.Pede.Dá.Olha no espelho
Diz te amo.Vai embora.Vende o carr
Muda de casa.
Está em crise.É grisalho.Abandona,
volta
O homem é aquele que parte.
A mulher o pertence,
e deseja sempre que ele volte
por isso torce para que o homem
vá embora.
A mulher ama o soldado
O homem vai e volta,
como um mágico.
Toda mulher deseja ser viúva,
O mágico é aflitivo.O soldado a faz esperar.
A mulher é casada com a espera.
Ela quer ficar na janela,
ao lado do telefone,
embalando o filho órfão,
bastardo,
quer que a achem santa,
quer que a deixem em paz,
O homem tem tudo,
e a mulher chora porque
pensa que não tem..

17 comentários:

meus instantes e momentos disse...

muito bom o texto, muito bom.
Maurizio

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Saudades!! Ah!!Desculpa não aparecer tanto mas estou estudando e realmente sem tempo.

Papagaio Mudo disse...

oi Linda,

o homem não tem nada que a mulher não possa. É um paradoxo universal...
Abraços,

Gustavo

Diva disse...

Oi,aninha
Estou de volta com novo blog!
Vc como e mpre,surpreendente!
Venha me ver,menina,sai do casulo!

Bjus

Evandro Varella disse...

Aninha,
Já é hora de voltar...
Apareça.
Abraços

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola Aninha!! Quanto tempo!!!

Quero desejar-lhe um Feliz Natal para você e toda sua familia e que tenhamos muito amor e paz nos das que se seguem,estou antecipando pois vou viajar e não haverá internet onde vou,rssrsrr, mas independente diso, gostaria de dizer que estarei ligado a todos na esperança de um Brasil e mundo melhor e no desejo que sejamos muito felizes. Um abraço!!

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!!

"Façamos da interrupção um caminho novo.
Da queda um passo de dança,
do medo uma escada,
do sonho uma ponte, da procura um encontro!"

Fernando Sabino

DESEJO A VOCÊ E A TODOS AO SEU REDOR UM 2010 MARAVILHOSO!!

J. Araújo disse...

Por que sumiste menina? Apareça

Bj

Fionna ^^. disse...

Porque pensa que nao tem... pois eh! Pobrezinha de nós! Ao menos esse sofrer todo, essa espera mal vinda rende poemas. Isso embeleza a tragedia. Adorei, viu? volto mais vezes...

Abraços!

Poeta Mauro Rocha disse...

Feliz dia das mulheres!!

E você vai dizer:”Mais foi dia na segunda dia oito!!”

Então eu vou dizer que fiz de propósito, pois para mim todos os dias são das mulheres, que se dedicam, que cuidam, que se cuidam, que são mães, esposas, amantes, companheiras e que nunca serão esquecidas e por mais que tenha um dia para representar um marco na história, têm todos os dias para serem comemorados por homens e pessoas que respeitam e admiram a mulher.

Um abraço !!

Vavá disse...

A Bonequinha e Vênus voltaram a postar, porque não aproveita e volta a aparecer tb.
Ia nos deixar muito contentes.
Abração

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!
Gostaria mais uma vez agradecer você e a todos que visitam e comentam meu blog, vou parar de publicar por algum tempo e me dedicar a estudos, preciso, já estou de certa forma afastado, visitando pouco meus amigos de blog, mas agora é para valer. Deixo meu “último” poema, dedicado a Brasília e seus 50 anos é antigo, feito quando eu tinha meus 20 e alguma coisa,srsrrs, mas gosto dele e acho que é o momento certo.

Mais uma vez obrigado por suas palavras e carinho com meus poemas e meu blog.

Um abraço!

Poeta Mauro Rocha disse...

Feliz dia das mães e peço emprestado esse poema do nosso poeta maior e faço essa homenagem:


Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade

Grupo Cero VersoB disse...

O amor é quem ama....
nos deixemos invadir por ...isso...
O amor... ama não o perdido
mas o que virá...
O amor... ama não o semelhante...
mas o que me difere...
O amor... ama o que virá
O amor... ama o que não sei

O amor... ama o desconhecido
e aí serei mais que eu

um desconhecido...

beijos,

J Araújo disse...

Aninha, cadê vc menina. lembro-me que a dois anos atrás vc visitou meu blog.

Bj

Poeta Mauro Rocha disse...

Feliz Páscoa a você e a todas de sua familia e amigos.

Um abraço!

silvioafonso disse...

.


Vejo seriedade no seu blog,
por isso vou segui-lo es-
perando que também você
siga o meu.

Um abraço,

Palhaço Poeta






.