sábado, 6 de junho de 2009

Submissão

Caso você queira posso passar seu terno,
aquele que você não usa por estar amarrotado.
Costuro as suas meias para o longo inverno...
Use capa de chuva,não quero te ver molhado.
Se de noite fizer aquele esperado frio
poderei cobrir-lhe com meu corpo inteiro.
E verás como a minha pele de algodão macio
agora quente,será fesca quando for janeiro.
Nos meses de outono eu varro a sua varanda,
para deitarmos debaixo de todos os planetas,
O meu cheiro te acolherá com toques de lavanda
Em mim há outras muçheres e algumas ninfetas-
Depois plantarei para ti margaridas da primavera
e aí no meu corpo somente você e leves vestidos,
para serem tirados pelo seu total desejo de quimera.
Os meus desejos ,irei ver nos seus olhos refletidos-
Mas quando for a hora de me calar e ir embora
sei que ,sofrendo,deixarei você longe de mim.
Não me envergonharei de pedir ao seu amor esmola,
mas não quero que o meu verão resseque o seu jardim.

8 comentários:

R.Vinicius disse...

Qual termo devo usar? Além de poético é claro. O amor. Tema de tantos versos. E os teus belos versos. E a tua escrita, com as linhas do teu talento. É bom poder lê-lá.

Abraço,

R.Vinicius

EXAGERADO disse...

Oi,linda

Que coisa, não?Desta vez vc se superou.Adorei!Parabéns!

Também gostei muito dessa música de fundo.É a Nana Caymi?Lindaa!

bjus

Luís Costa disse...

Olá, Aninha!

Uma "dádiva de amor" como só você sabe "dar"! Tão intensos os seus versos! Tão feminina a sua poesia!

Mari disse...

Oi,Aninha

Excelente...muito ardor,muita sensibilidade e verdade.Parabéns!


bjus

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!!Que texto maravilhoso, tenho saudades de teus textos ede tua ternura.Ah!Só passei para lhe desejar um ótimo fim de semana.

BJS!!

LUANA disse...

Oi,querida

Saudades deste seu espaço..Precisa postar mais!Muito lindos seus poemas!

Eu voltei a postar..Venha me ver!

Bjus

Juliana Migliorati disse...

Nossa... Submissão é algo que as vezes é necessário, mais devemos dosar a quantidade mesmo no caso de um relacionamento. Menina como vc escreve bem parabéns.

R.Vinicius disse...

Ana, cadê você? Sumiu. Como você está?

Abraço,
R.Vinicius